Logo do estado

Banda Sinfônica de São Paulo será atração do "Música das Américas".

Versão para impressãoEnviar por email

Em abril, Belém será um dos principais centros latino-americanos de estudos e debates sobre o aprimoramento artístico e musical das bandas de música e sinfônicas. A capital do Pará vai sediar, entre os dias 17 e 21, o “Música das Américas”, evento voltado especialmente para bandas de música. Nesse período, Belém receberá bandas musicais de municípios do interior, como Vigia de Nazaré, São Caetano de Odivelas e Ponta de Pedras, além de convidados especiais, entre os quais a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, que se apresentará pela primeira vez no Pará.

O “Música das Américas” faz parte da primeira fase do XXVI Festival Internacional de Música do Pará (Fimupa). O objetivo é ser um fórum permanente de discussão e cooperação de projetos, destinados a fortalecer os laços culturais e musicais entre os países da América Latina, proporcionando o desenvolvimento artístico, a educação musical e a integração social dos participantes.

Durante o evento, os músicos das bandas vão aprimorar a técnica e desenvolver a pesquisa e a prática interpretativa. As atividades são voltadas para regentes, compositores, arranjadores e instrumentistas, de sopro e percussão.

Participarão maestros, compositores e arranjadores renomados, que ministrarão palestras, seminários, master classes de regência, e cursos sobre gestão de projetos e reparo de  instrumentos. Eles também participarão de grupos de estudo e concertos com as bandas. Oito concertos serão realizados, com um repertório de 60 obras de diversos compositores, enfatizando composições brasileiras e latino-americanas.

A Banda Sinfônica do Estado de São Paulo (Bsesp), uma das atrações do evento, foi criada em 1990, e se dedica há 23 anos à música de concerto. Em função do trabalho desenvolvido nessa área, se tornou referência no Brasil e na América Latina.

A Bsesp virá ao Pará com 70 músicos, para duas apresentações. A primeira será no concerto de abertura, no dia 17 de abril, no Theatro da Paz. A Bsesp também atuará como banda residente, com seus músicos se apresentando com as bandas paraenses.

Aprimoramento - O “Música das Américas” é uma realização do Governo do Pará, por meio da Fundação Carlos Gomes (FCG), realizado com o objetivo de mostrar a importância do aprimoramento das bandas no Estado, dedicando a elas a primeira fase do Fimupa.

"Ao dedicar toda uma fase do Festival para o desenvolvimento das bandas de música, e possibilitar um olhar mais cuidadoso para a banda sinfônica, como um elemento a ser desenvolvido pelas bandas de música, o Pará, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Carlos Gomes, sinaliza que é necessário dar uma maior atenção à formação musical, e que está atento para as bandas de música, de onde saem mais de 75% de todos os músicos que se se tornam profissionais em orquestras sinfônicas, bandas sinfônicas, bandas militares, escolas e conservatórios musicais, projetos sociais etc.'', ressaltou Marcelo Jardim, diretor artístico do Festival Internacional de Música do Pará - Fase I - "Música das Américas".

O concerto de abertura será às 20h30 do dia 17 (quarta-feira), no Teatro da Paz, com a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo (Concerto 1), sob a regência e Marcelo Jardim e Dario Sotelo. A direção artística é de Marcos Sadao Shirakawa, tendo como assistente de direção artística, Mônica Giardini. No repertório, obras de Alexandre Travassos, Hudson Nogueira, Edmundo Villani-Côrtes, Victoriano Valência, Fernando Oliveira e Cyro Pereira.

Serviço: XXVI Festival Internacional de Música do Pará – Fase I – “Música das Américas” - Desenvolvimento Artístico, Educação Musical e Integração Social através das Bandas Sinfônicas. Período: 17 a 21 de abril de 2013. Promoção: Governo do Pará/Secult e Fundação Carlos Gomes.

FCG: Av. Gentil Bittencourt, 909 - CEP: 66040-174 - Belém / PA - (91) 3201-9450
IECG: Av. Gentil Bittencourt, 977 - CEP: 66040-000 - Belém / PA - (91) 3201-9480

© Copyright 2013 Fundação Carlos Gomes - FCG. Todos os direitos reservados.