Logo do estado

Público lota Theatro da Paz no encerramento do Projeto Orquestra

Versão para impressãoEnviar por email

Com o Theatro da Paz lotado, a Fundação Carlos Gomes (FCG) realizou, na noite de sexta-feira (4), o Concerto de Encerramento do Projeto Orquestra 2018, que contou com apresentações da Orquestra Infanto-Juvenil e Orquestra Acadêmica.

O concerto começou com a apresentação da Orquestra Infanto-Juvenil. Os 35 integrantes apresentaram obras dos compositores Ernst Mahle e Guerra-Peixe. Quem conduziu a orquestra foi o aluno de regência do Bacharelado em Música do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG), Cleyson Ataíde. “Com o Projeto Orquestra nós temos a oportunidade de aprender e executar um repertório orquestral. Ter aulas com o maestro André Cardoso é uma oportunidade única. Ele é um dos maiores e mais conceituados regentes do Brasil, então eu e minha turma de regência ficamos agradecidos de fazer parte de projetos como este”, afirmou.

A emoção tomou conta de Rosineide Pinheiro, mãe de uma das alunas da Orquestra Infanto-juvenil. Ela viu pela primeira vez a filha de 12 anos fazendo parte de uma orquestra sinfônica. “Todo o esforço que eu e o pai dela fizemos para que ela continuasse estudando música valeu a pena. Assistir a minha filha de 12 anos se apresentando para uma plateia cheia no Theatro da Paz deixa meu coração cheio de alegria e satisfação”, disse a mãe emocionada.

Aproximadamente 700 pessoas assistiram ao concerto. A atração mais esperada era da Orquestra Acadêmica, composta por 80 integrantes, que encerrou a noite com a Sinfonia N°5, Op. 64, em mi menor, do compositor Tchaikovsky.

A obra foi regida pelo maestro André Cardoso, que ficou impressionado com o nível musical dos alunos. “Foi um trabalho excelente. Todos se dedicaram bastante porque foram somente quatro ensaios e um único ensaio geral no local do concerto. Então, enfrentar acústicas diferentes precisa de um esforço muito maior do músico. No final, valeu a pena executar esse repertorio sinfônico internacional que todo mundo gosta ao lado desses músicos sensacionais”, explanou.

Talento - O Projeto Orquestra ofertou 80 vagas e os alunos foram selecionados para participar das aulas de prática de orquestra e de um seminário de regência com o maestro André Cardoso, professor de regência e prática de orquestra da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e com a violinista Ana de Oliveira, atual spalla (nome dado ao primeiro-violino de uma orquestra) da Orquestra Sinfônica Nacional. O projeto recebeu inscrições de estudantes do curso de bacharelado em música e do curso técnico em instrumentos musicais orquestrais do IECG e também alunos de outros cursos técnicos ou superiores das instituições de ensino da música no estado.

 

 

* Com a colaboração de Otávio Marcos

Por Rosa Cardoso

FCG: Av. Gentil Bittencourt, 909 - CEP: 66040-174 - Belém / PA - (91) 3201-9450
IECG: Av. Gentil Bittencourt, 977 - CEP: 66040-000 - Belém / PA - (91) 3201-9480

© Copyright 2013 Fundação Carlos Gomes - FCG. Todos os direitos reservados.